Época de páscoa, um monte de chocolate no mercado, ovo de colher no instagram, quase todos os presentes se resumem em chocolate, amigos secretos de ovo…. Calma!!! Não precisa fugir dessa delícia toda com medo de engordar ou de fazer mal, hoje trouxermos alguns benefícios do chocolate para que você coma sem sentir peso na consciência e possa realmente aproveitar o momento.
Lembrando que quanto mais cacau no chocolate, melhor ele é!!

Faz bem ao coração:  Cientistas da Universidade de Linkoping, na Suécia, descobriram que a versão amarga (rica em cacau) inibe uma enzima no organismo conhecida por elevar a pressão arterial, ou seja, promove um fluxo adequado de sangue devido aos potentes antioxidantes do grupo dos flavonoides que possui, que são as catequinas, epicatequinas e procianidinas;
Ah! outra coisa: Pessoas que sobreviveram a ataques cardíacos e comem chocolate podem reduzir o risco de morrer por problemas do coração, segundo pesquisa realizada na Suécia

Possui teobromina, que é uma substância com ação semelhante à cafeína; por isso aumenta o fluxo de sangue para o cérebro devido às substâncias estimulantes como a cafeína e a teobromina, que também previnem o Alzheimer.
O chocolate amargo pode reduzir os danos cerebrais após um acidente vascular cerebral, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Os cientistas descobriram que um composto chamado epicatequina protege as células nervosas.

Melhora a circulação sanguínea pois produz óxido nítrico, que é um gás que permite relaxar as artérias; portanto diminui a tendência de coagulação das plaquetas e de obstrução dos vasos sanguíneos. Ajuda a diminuir os níveis de LDL (colesterol ruim);

A sensação de bem-estar causada pelo chocolate encontra respaldo na ação da endorfina e da dopamina, relacionadas ao relaxamento.


Pode ajudar a combater o câncer de intestino. Isso porque algumas moléculas presentes no cacau, chamadas de procianidinas, possuem propriedades antioxidantes, que serviriam para proteger as células das degenerações do tumor.

Protege a pele do sol graças aos seus compostos bioativos como os flavonóides, que protegem a pele contra os danos da radiação UV;

Chocolate durante gravidez pode ajudar a prevenir a pré-eclâmpsia (hipertensão). Uma pesquisa da Universidade Yale, nos Estados Unidos, sugere que mulheres que saboreiam a delícia ao menos cinco vezes por semana estão 40% menos propensas a desenvolver o problema do que aquelas que a consomem menos de uma vez. O composto teobromina, encontrado principalmente nas variedades amargas e meio-amargas, pode ser o responsável pelo benefício.

Ingerir chocolate pode aliviar dores, de acordo com um estudo da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. A distração de comer ou beber por prazer atuaria como um analgésico natural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *