Finalizando o mês de setembro e também a campanha do Setembro Amarelo, porém somente a campanha, pois a prevenção de suicídio deve durar por todo o ano. A depressão é um dos principais riscos para o suicídio, a prática de esportes é uma forte aliada para prevenção.

 

A depressão é causada por tristeza, baixa auto-estima, pensamentos negativos recorrentes, desespero e desesperança; seus sintomas são fadiga, irritabilidade e intenção suicida e está associada a alta incapacidade e perda social. Estudos apontam que pessoas ativas tem melhores condições de saúde mental que os sedentários, devido a cascata de endorfina que a prática do esporte libera, melhorando de forma natural os quadros tanto de depressão quanto de ansiedade.

O exercício físico regula a neurotransmissão de noradrenalina e serotonina, além da melhora cognitiva, com efeito direto no aumento da auto-estima, além da interação e contato social. Assim o esporte pode se configurar como um tratamento não medicamentoso para problemas tanto de doenças crônicas como de saúde mental e consequentemente a prevenção do suicídio.

 

A endorfina, conhecida como a substância do prazer, pode ser liberada durante e após atividade física, de intensidade no mínimo moderada e praticada de forma regular, proporcionando um efeito analgésico natural combatendo o estresse e problemas de tensão, já a serotonina, conhecida como hormônio da felicidade, está relacionada ao humor e cognição.

 

Dessa forma a prática de esporte melhora a qualidade de vida e bem-estar nos indivíduos portadores ou não de transtornos mentais como depressão, atuando consequentemente na prevenção do suicídio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *